Fio dental: como usar corretamente

Author: Nenhum comentário Share:
fio dental

O uso do fio dental é indispensável para ter um sorriso bonito e saudável, já que só a escova não consegue higienizar completamente os dentes, principalmente aquelas áreas entre um elemento dentário e outro. 

A importância do fio dental e da escova, em termos de ser essencial, vale a mesma coisa. Elas se diferenciam apenas nas áreas em que conseguem alcançar.

Nesses ambientes entre um dente e outro, que é onde a escova não consegue alcançar, pode gerar um acúmulo de alimentos e podem causar vários problemas, como:

  • Cáries;
  • Tártaro;
  • Mau hálito;
  • Doenças periodontais;
  • Gengivas retraídas.

Ou então, quando for passar o fio dental e sangrar um pouco, não é necessário se assustar e menos ainda parar de passar.

É apenas um sinal de inflamação na gengiva, causada justamente pela falta do uso do fio dental.

Caso ocorra algum problema na gengiva, é importante ir até o dentista especialista em retração gengival.

O fio dental pode ser utilizado durante as três escovações diárias. Normalmente, os dentes são escovados de manhã, tarde e de noite.

O fio dental pode ser utilizado durante três vezes, mas se for utilizado antes de dormir, já é o suficiente, sendo um dos momentos mais importantes.

Portanto, é importante fazer o uso do fio dental antes de escovar, porque às vezes ao deixar para depois, pode sentir uma falta da necessidade de utilizá-lo.

Quais são os tipos de fio dental?

Existem alguns tipos de fio. O primeiro e mais comum é o convencional, que geralmente, é usado pela maioria das pessoas. 

O segundo tipo é chamado de fita dental. Ela é bem diferente da convencional, porque possui a espessura mais fina. Em largura, costuma ser maior. 

Na maioria das vezes, ele é utilizado para pessoas que têm grandes espaços interdentais. 

Outra modalidade que é usada como fio dental, é chamada de forquilha. Portanto, é uma arte que possui um fio esticado na parte superior.

Ele é utilizado somente para pessoas idosas que já possuem um tratamento iniciado pelo dentista especializado em prótese.

Geralmente, esses indivíduos possuem mais dificuldades de coordenação motora. Isso gera a dificuldade de passar o fio dental comum, sendo assim, o tipo forquilha é mais eficiente, além de que ele serve para crianças também.

A quarta modalidade é o fio floss. Esse tipo é muito indicado para quem faz uso de um aparelho ortodôntico ou teve uma consulta com um especialista em prótese dentária e ele indicou a prótese fixa.

Ele possui um plástico em volta, que deixa o fio mais duro e ajuda a passar por baixo do arco ortodôntico ou logo abaixo de uma ponte fixa.

Em caso de um aparelho ortodôntico, também pode ser utilizado o passa fio. Ele é de um modelo, como se fosse uma agulha de fio dental. 

Com isso, é importante colocar em pauta que pessoas que possuem dentes tortos, devem iniciar de forma imediata o tratamento ortodôntico com o aparelho dentário móvel.

Os dentes tortos podem dificultar a passagem de um fio dental entre os dentes, gerando um maior acúmulo de bactérias no sulco gengival. 

Até mesmo, pode se tornar uma enfermidade periodontal, e se não for bem cuidada, poderá levar a perda ou extração do elemento dentário. 

Como fazer a utilização do fio dental de forma correta?

Muitas pessoas não economizam na pasta de dentes. Colocam bastante creme dental, fazendo até mesmo uma curva, porém isso não tem necessidade. 

Na pasta de dente, é necessário economizar, porém no fio dental, é necessário pegar um pedaço grande e nada de ficar passando ele em todos os dentes.

O ideal é que ele seja de aproximadamente uns 40 cm, enrolando um ponta no dedo esquerdo, deixando uma pequena parte para passar nos dentes. 

Então, quando for passado, essa parte utilizada deve ser enrolada no dedo direito. 

Além disso, deve dar continuidade no procedimento, enrolando uma parte no dedo esquerdo que deve ser solta. 

Isso deve ser feito de forma sucedida, até fazer a limpeza de todos os outros dentes. 

O fio dental é passado entre um dente e outro, sempre entrando no sulco gengival que é entre o espaço entre o elemento dentário e a gengiva.

Caso não faça a limpeza dessa forma, poderá ocorrer um acúmulo de bactérias na parte interna da gengiva, causando uma retração gengival. 

Porém, se ocorrer uma situação emergencial, é importante que o paciente procure um especialista em gengiva retraída.

Dessa forma, poderá fazer o uso do fio corretamente, e evitar que aconteça o surgimento das cáries entre os dentes, além de evitar várias outras patologias.Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Previous Article

3 Dicas para quem vai para Orlando sem falar inglês

Next Article

Desentupidora em Cotia

Você também deve gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + três =